domingo, 8 de maio de 2011

Eu amo Tu amas Eles amam e sempre amaram -nos.

Ingrediente vital para uma boa educação.
Amor.
Junte AMOR com amor, mais amor, e mais uma pitadinha de amor, e verás o ser humano que irás criar.
Como PROFESSORA de Inglês de escola Pública e também particular, sempre que me deparo com uma situação difícil de lidar, algum aluno problema como costumam dizer, fico profundamente preocupada e analisando o que teria dado de errado na vida daquela pessoinha que chega pra mim tão arredia, tão brava, tão necessitando de, talvez um abraço.
Nossa casa somos Pai(in memorian) , Mãe, eu e três irmãs (uma delas bem conhecida Otília). E em nossa casa nossos pais nos ensinaram AMOR na prática, e como isso é bom!!!!!!!!!!!!!!! .Meu pai tão intenso nos amou como nunca eu imaginei que pudesse haver um  amor, e minha mãe, do seu jeito realista e rigoroso nos amou e nos ama também até hoje; e foi com esse amor intenso, as vezes até insano que fomos construindo nosso caráter e nossa personalidade, cada qual se moldando á sua maneira mas sempre alicerçadas no amor que nossos pais nos dedicaram.Lembro-me de meu pai nos desfiles de 7 de Setembro, ele ficava num lugar estratégico, lógico combinado antes com a gente para olharmos, e quando eu olhava e via aquela cabeça branca acenar pra mim,era o auge do desfile .Pra ele parecia que o desfile era no palácio da rainha mais importante do mundo, e que a pessoa mais importante do desfile era eu, claro.Era assim que meu pai me fazia sentir. Do outro lado, em casa, fazendo o almoço estava minha mãe, chegávamos e ela até meio sem paciência perguntava se tinha ido tudo bem, se eu tinha tomado água, se eu ficasse doente eu ia ver só uma coisa. Essa maneira dura dela nos guiar me afagava o coração e eu ia contando tudo. Lembro-me do meu primeiro dia de aula, que meu pai ficou no corredor e quando eu ia entrando pra sala dei tchau e disse: pode ir pai!!!! Mas ele ficou lá todo o tempo pra ver se eu iria chorar!! Não chorei, mas adoreiiiiiiiii que ele ficou. Minha mãe já tinha feito a parte dela me arrumando e passando meu uniforme pra que eu fosse tinindo na escola de tão branco e passado que aquele jaleco era. Cada detalhe, cada cuidado, cada palavra que me falaram  me fez ser a pessoa que sou, me fez sentir a vida como a sinto,me fez ser diferente em cada maneira de ver uma coisa ou outra, me fez dar valor ás coisas simples como um Oi,Obrigada,Tudo de bom pra você, vai com Deus, etc. Meus pais não admitiam que nós irmã ficássemos de mal, as vezes eu tava de mal da Otília e perto da minha mãe e do meu pai conversávamos só pra eles não brigarem com a gente.E isso é tudo tão bom, fez de nós pessoas diferenciadas,pessoas polidas, sensíveis e amáveis.Hoje Dia das Mães, fico tão feliz em ver minha mãe bem(ela esteve muito doente esses dias, depressão), ela tem se recuperado, tem recebido orações Jureih, da Igreja Messiânica, através da D. Terezinha(sogra da Otília), uma senhora de 83 anos com uma energia tão boa tão especial, tão ungida Por  Deus que tenho agradecido todos os dias por isso.
Estou feliz por ter minha mãe por perto, feliz por meus pais terem nos   amado dessa maneira tão intensa, de terem nos ensinado como um amor muda o caminho das pessoas, como é bom sermos uma família de verdade, como o amor deles nos fez bem!
Eu sempre que posso, em reuniões, discussões pedagógicas, sempre falo se a família não nos ajudar  não conseguiremos evoluir muito, se os pais não acordarem e não direcionarem seu amor diretamente aos seus filhos, estaremos sempre lutando e progredindo vagarosamente.
Sinto o amor de meus pais, de minhas irmãs,dos  meus sobrinhos, cada um de seu jeitinho especial,sinto que se não fosse por eles, nossa vida seria cinza, sem volume, sem sabor.Quando sentamos na mesa da cozinha da minha casa(moro com minha mãe ainda), e começamos lembrar das peripécias de cada uma, é uma sensação tão boa que nem consigo explicar. Falamos da barriga de uma, que   a roupa ficava apertada, do cabelo duro da outra, do meu arranjo de cabelo no casamento da minha irmã mais velha(não tem nada mais feio do que isso) e rimos, rimos tanto que até choramos, e adoramossssssssssssssssssss tudo isso.Eu vejo pelas famílias que conheço, que são poucas que têm esses momentos tão singulares e tão nossos, e tão fantásticos de serem revividos, e o mais valioso de tudo isso É QUE SÃO NOSSOS!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
Dedico a todas as mães o amor que nossos pais plantaram em nossos corações, e desejo DO MEU MAIS PROFUNDO E VERDADEIRO SONHO, QUE nossos alunos encontrem um caminho de amor para entenderem que a  EDUCAÇÃO os levarão a lugares que jamais eles poderiam imaginar. Meu amor por ensinar também me faz uma pessoa feliz, quando na rua passo e escuto : professora Renata, tudo bem? Eu amo ouvir isso.
Que O Amor maior de Deus Pai cubra todas as famílias e espalhe no mundo Sua força.
EU AMO TUDOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO ISSOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO.
OBRIGADA PAI, OBRIGADA MÃE, OBRIGADA IRMÃSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSS.
Renata Lins

13 comentários:

  1. RE IRMÃAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA

    AMO TUDOOOO ISSO MUITOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO E QUEM É CONHECIDA ??EU ?? COITADA DE MIM...
    RENATA EU FALO TANTO QUE ESSE AMOR É MINHA BASE,MINHA ESTRUTURA MINHA VIDA...SEI TUDO QUE VOCE DESCREVEU POR QUE EU VIVI ISSO E NAÕ TEM NINGUEM MAIS NINGUEM NESSE MUNDO CAPAZ DE MUDAR ISSO NOS VIVEMOS E PRONTO!!! QUANDO CONVERSO E CONTO PARA AS MINHAS AMIGAS DESSE AMOR E ELAS DIZEM QUE NÃO TEM ISSO SINTO PENA..SEI QUE EU VOCE FATIMA MARCIA ..NOS TORCEMOS UMA PELA OUTRA ...QUANDO UMA TEM UM PROBLEMA ESTÃO TODAS DO LADO..TENATNDO AJUDAR..FALANDO AO MESMO TEMPO..QUANDO PAPAI SE FOI A UNIÃO DE NÓS 4 E MAMÃE ,NAQUELES DIAS CRUEIS DE AGOSTO...TUDO ISSO FOI CONTRUIDO COM MUITO AMOR E MUITA LUTA FORÇA..SABE NOSSAS BRINCADEIRAS NOSSO CAFÉ DA MANHÃ DE 4 HORAS DAS 8 A MEIO DIA..E NOSSOS CAFÉS DA TARDE E NOSSOS DOMINGOS,NOSSAS IDAS AO CEMITÉRIO BRIGAR COM PAPAI POR QUE ELE SE FOI??E AS PROCISSÕES?EU RINDO IGUAL UMA DOIDA..NOSSA VOCES SÃO MINHA VIDA..MINHA ALMA ..VOCE É MINHA IRMÃZINHA QUE CUIDEI COM CERINHO E QUE AMOOOOO POR VOCE EU FAÇO TUDO...POR VOCE EU VIVO EU CHORO EU SINTO COMO JA DISSE ISSO A TATA EM UM CLIPE SSR RENATA MATERIALMENTE TIVEMOS POUCO MAS TIVEMOS MAS AMOR FOI DEMAIS...DEMAIS E NINGUEM JAMAIS MUDARÁ ISSO EM NÓS NINGUEM..

    AMO TE

    TE AMO
    LOVE YOU
    E VOCES SÃO MINHA FORÇA EU SEM VOCES NÃO SERIA NINGUEM

    OTILIA LINS BEIJOS

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Olá, Renata.

    Seu post é uma união de jubilo ao bom convívio familiar, e também uma análise comportamental profunda. Então, vamos por partes... rsrs.

    O amor familiar se adquire por osmose, ou seja, todos somos frutos do meio em que vivemos. Muitos filhos, hoje, crescem longe dos pais. Por vezes, são criados por avós, babás, ou diretamente nas escolas, ou então, nas ruas.

    O fato, é que a ausência dos pais é sentida. E não somente na questão de carinho, mas para dar parâmetros comportamentais. E os filhos se afetam com isso, e o caráter, que deveria ser moldado pelos pais, se desenvolve de forma sem critérios, o que gera, por vezes, crianças com problemas.

    Já quanto ao dia das mães, e o amor que recebemos dela e do pai, isso não tem preço. Antigamente, era diferente, com palmadas e chineladas, mas mereciamos, e não estamos aleijados por isso, não é? Mas o fato, é que não há nada que substitua esse amor.

    Ixe... escrevi demais de novo...

    Bjs, Renata. Adorei o post. E pega carona nesse e já engatilha outro.

    Marcio

    ResponderExcluir
  4. Irmãaaaaaaaaaaaaaa como é bom tudo isso né?/Temos coisas pra contar a vida toda e cada vez que contamos, rimos tudo de novo e isso é tão mágico, tão nosso, tão revitalizador. Até a Mel(a cachorrinha) fica com o pescoço caído quando vc vai embora) ,é disso que estou falando,de uma amor que até os nossos bichos sentem.
    bjos bjos
    obrigada irmã!! por me amar , e me amar, e me amar....

    ResponderExcluir
  5. Oi Milenium Amigo,
    seus comentários deixam meus posts com um valor imensurável,sua análise inteligente e ao mesmo tempo calorosa me inspira e me extrai o de melhor. Nossas crianças sentem sim a falta dos pais, ensinamentos e sentimentos que são facilmente substituidos hoje em dia em nome da corrida pelo ouro de cada dia.Eu nunca sai de casa, faltou-me um pouco de oportunidade sim, mas eu nunca quis este afastamento, tem sim suas perdas, mas meu ganho foi realmente maior.Obrigada pelo carinho, pelo seu saber tão caloroso, por compartilhar suas valiosas opiniões.Há milhares de anos que você tem nos ensinado.
    bjos bjos bjos
    REnata Lins

    ResponderExcluir
  6. Oi Re. Esse teu milenar amigo aqui veio te trazer um convite. Passa lá no meu blog e vem fazer um afago para uma pessoinha fantástica, que adora um carinho.

    http://abismodasvaidades.blogspot.com/2011/05/muito-alem-de-um-olhar.html

    Tenho certeza de que essa pessoa vai adorar tuas palavras.

    Bjs, mocinha.

    Marcio

    ResponderExcluir
  7. Capispiróbas.....!!!!!! hehehehehe....

    Chegandoooooo, afufunhandoooooo, atrasado por causdique Eu tava apreparâno a festança do Um ano do bróguinho do Macaco... rss

    Que família linda essa viu! Eu fazia a MeRma coisa cum minha macaquinha Flá... que dispois mais crescida morria di vergonha de ver o Macaco aqui fotografando, filmando , torcendo... e coisital... hehehehe,,

    Adorei isso aqui viu... Lindius e lesgaus di maisi da conta...

    DeusssssssssssssskiConserve assim Amém
    Beijo
    Tatto

    ResponderExcluir
  8. Oi Márcio, vou passar por lá sim, estou um pouco sumida, falta me tempo, viajando e correndo a trabalho, mas estou com saudades
    bjos bjos bjos

    ResponderExcluir
  9. Macaco my friend
    que bom né, famíliaaaaaaaaaaaaaa é a coisa mais que vale a pena na vida da gente e amigos também.
    bjos bjos
    adoro vc macaco

    ResponderExcluir
  10. Rermã... rss

    Li sua depoição lá pro meu niver de blog e achei muito dilíça!!!
    Só assusti no finár .... direpente baxô o santo da Tilinha M e ocê garrô escrevinhá maiusculus... hehehehehehehehe

    Beijo
    Tatto

    ResponderExcluir
  11. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  12. DEIXA EU FAZER AS VEZES DA DONA DA CSA..AHHHH ESSA IRMÃ..DEUS ME LIVRE

    GENTE RENATA FOI VIAJAR PARA SÃO PAULO FAZER UM CURSO DA DELEGACIA E ENTÃO ELA ESTA AUSENTE POR ISSO TA? NÃO É FALTA DE EDUCAÇÃO..ALIAS O TEMA DO BLOGUINHO DELA SRSRS ELA ESTA MESMO FORA, NEM NO BLOG DA IRMÃ DELA MAIS VELHA ELA VAI IMAGINEM SRSRS SRSR AFF MAS DEVE LOGO VOLTAR

    BEIJOS A TODOS LOGO LOGO A MOÇA SUMIDA APARECEEE KKKKK

    OTILIA

    ResponderExcluir
  13. AVACAGÁ.... carinhoso é cráro!!

    Mas irmã pode arresponder... hehehe
    Beijos

    Deusssssssssskiajude
    Tatto

    ResponderExcluir